XVII Congresso Sul Brasileiro de Medicina Intensiva

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Fisioterapeutas x Cuff: Uma análise qualitativa

Objetivo(s)

Avaliar de maneira qualitativa o conhecimento teórico prático dos fisioterapeutas atuantes em unidades hospitalares de Joinville, Santa Catarina, em relação ao manejo das pressões do cuff.

Métodos

O projeto foi aprovado pelo comitê de ética da UNIVILLE, sob o número 58703816.1000.5366. Participaram do estudo 22 fisioterapeutas, que responderam um questionário anônimo, elaborado pelos próprios autores da pesquisa, composto pelas seguintes perguntas 1. Qual a função do cuff ou balonete orotraqueal? 2. Qual valor de referência que você utiliza para insuflação do cuff? 3. Que lesões mais importantes podem ocorrer com a hiperinsuflação do cuff, e efeitos deletérios causados pela pressão abaixo do ideal? 4. Qual o procedimento mais fidedigno de aferição de pressão utilizado para o cuff ou balonete orotraqueal? 5. Ainda sobre a técnica para a verificação da pressão do cuff, com que frequência você a utiliza? 6. Em qual referência você baseia seus conhecimentos sobre o tema referido neste questionário?

Resultados

Analisando os questionários pode-se observar que: 40,9% dos profissionais responderam corretamente a questão 1, questão 2 - 50%, questão 3 - 95,4%, questão 4 - 100%, questão 5 - 27,3% dos profissionais responderam corretamente. Na questão 6, demonstrou que 100% dos participantes utilizam uma das fontes citadas no estudo como referência.

Conclusão

Concluiu-se que parte dos fisioterapeutas não possuem clareza quanto a real função do cuff, porém apresentam conhecimentos sobre os efeitos deletérios que as pressões divergentes aos valores de referência podem causar e sobre as maneiras adequadas de aferi-las. Porém existem divergências com relação aos valores adequados em diferentes literaturas. Se faz necessário a capacitação contínua de profissionais que atuam diretamente com pacientes que necessitam de ventilação mecânica, visando a melhor qualidade ao atendimento aos mesmos.

Referências

Área

Multidisciplinariedade

Instituições

Autores

André Paulo Klamt, Michelli Marcela Dadam, Andrea Tayná de Araújo, Gilmar Roberto Batista