XVII Congresso Sul Brasileiro de Medicina Intensiva

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Gatilhos da equipe multiprofissional em um Serviço de Emergência

Objetivo(s)

Este trabalho tem como objetivo descrever a experiência vivenciada pelos residentes multiprofissionais da área do Adulto Crítico no Serviço de Emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, a partir da criação de uma ferramenta que facilitasse a detecção de demandas das diferentes profissões que fazem parte da equipe multiprofissional.

Métodos

É um relato de experiência, frente a construção e a aplicação de uma ferramenta implementada pelos residentes multiprofissionais.

Resultados

Para a construção dos gatilhos foi observado as principais demandas individuais de cada profissão, buscando agregar de maneira objetiva, tópicos que alertassem as equipes médicas e de enfermagem, responsáveis por referenciar os pacientes para as demais profissões. Foram incluídas nos gatilhos as principais demandas de enfermagem, fisioterapia, nutrição, psicologia, farmácia, serviço social e fonoaudiologia. A ferramenta foi divulgada através de apresentação oral para as equipes e exposição em locais de destaque da emergência. Após a operacionalização desta ferramenta, percebemos uma melhora na comunicação entre as equipes, facilitando o trabalho interprofissional e se constatou um significativo aumento do número de solicitações de atendimento de todas as profissões, proporcionando o trabalho em equipe mais integrado e efetivo. Também, a partir desta ferramenta foi observada uma maior adesão da equipe como um todo no round multiprofissional, realizado semanalmente, permitindo a discussão de casos clínico trazendo assim, resolutividade no cuidado do paciente.

Conclusão

A elaboração deste instrumento permitiu aos profissionais de saúde uma visão mais ampla sobre as necessidades dos usuários que buscam o serviço de emergência, podendo contemplá-los em todas as suas esferas de demandas e desconstruindo o modelo biomédico muito presente na assistência de saúde. Indo ao encontro dos princípios do SUS (Lei 8.080), observou-se maior integralidade no cuidado ao paciente, referente a atuação multiprofissional. Dessa forma, ressaltamos a necessidade de criar estratégias para que a residência e ações multiprofissionais possam obter cada vez mais espaço para atuar em conjunto no cuidado ao paciente, que é o propósito da assistência em saúde. Além disso, propõe-se que esta ferramenta, ou ações que venham ao encontro desta, sejam reproduzidas em outros locais de assistência à saúde visando a equidade no cuidado do paciente.

Referências

Área

Multidisciplinariedade

Instituições

Autores

Luana Matuella Figueira Silva, Paula Tasca Vizioli, Raquel Stocker Pérsico, Lara Peruzzolo Cargnin, Eder Chaves Pacheco, Paula Azambuja Gomes, Thais Caroline Steigleder, Simone Medianeira Scremin