XVII Congresso Sul Brasileiro de Medicina Intensiva

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Púrpura de henoch schonlein: relato de caso

Objetivo(s)

A púrpura de Henoch – Schonlein é uma vasculite leucocitoclástica associada à deposição de imunocomplexos IgA na parede dos pequenos vasos sanguíneos, que tem como consequência o acometimento de múltiplos órgãos. O objetivo é relatar um caso clínico atípico de púrpura de Henoch – Schonlein.

Métodos

As informações foram obtidas por meio de revisão do prontuário, registro fotográfico dos métodos diagnósticos aos quais o paciente foi submetido, revisão da literatura, anamnese com familiares e exame físico do paciente.

Resultados

Paciente masculino, 60 anos, procurou atendimento médico na cidade de origem com quadro de dispneia aos médios esforços, associada a dor abdominal e diarreia. No segundo dia da internação apresentou lesões de pele em região maleolar bilateral, glútea, dorso dos pés e cotovelos, sugerindo lesões do tipo púrpura. Além disso, apresentou hematúria com piora gradativa da função renal. Paciente encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva com indicação de terapia renal substitutiva devido à injúria renal aguda. Durante a internação foi realizada biópsia de pele que evidenciou achados morfológicos de vasculite leucocitoclástica com dermatose purpúrica, e biópsia de pulmão que evidenciou achados que favorecem o diagnóstico de pneumonia intersticial não específica. O paciente evoluiu com Síndrome da Angústia Respiratória do Adulto com indicação de entubação orotraqueal e ventilação mecânica, com piora gradativa nas primeiras vinte e quatro horas após a intubação, evoluindo a óbito sete dias após a internação na unidade de terapia intensiva. A gravidade e/ou a duração dos sintomas extrarrenais, associados a faixas etárias maiores são os fatores clínicos de risco mais significativo para o desenvolvimento da nefrite da púrpura de Henoch - Schonlein. A doença renal contribui como o principal fator para o aumento da morbidade/mortalidade.

Conclusão

A ocorrência de púrpura de Henoch - Schonlein em idosos é extremamente rara, por isso o conhecimento acerca das manifestações clínicas multissistêmicas e complicações da doença são fundamentais. Em busca de amenizar complicações como aumento da morbimortalidade relatamos a importância do diagnóstico precoce, através de dados clínicos precisos e da exclusão breve dos diagnósticos diferenciais da púrpura de Henoch - Schonlein.

Referências

Área

Renal, metabólico e nutrição

Instituições

Autores

Alana Rutzen, Bruna Mocellin, Lucas Lenhardt, Lucas Rosso, Douglas Lemos, Patricia Vivian, Sabrina Friguetto Henrich